Trote Solidário ajuda abastecer estoque do Hemopi no Carnaval

O Centro universitário Uninovafapi realizou mais uma edição do Trote Solidário. Durante os dias 18, 19 e 20 de fevereiro, uma equipe do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) esteve na instituição coletando doações de sangue e cadastros de medula óssea. A ação foi aberta aos alunos, colaboradores, professores e pessoas da comunidade.

A campanha trabalhada no Trote neste semestre remeteu ao carnaval com o bloco “Unidos pelo bem” e teve como objetivo abastecer o Hemopi para o período do feriado. No primeiro dia do Trote as majestades do Carnaval de Teresina estiveram presentes na instituição para a abertura do evento. Nesse semestre, a parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia conseguiu 294 doações de sangue e 111 cadastros de medula óssea.

 

 

 

Thais Conceição Sousa, assistente social do Uninovafapi, falou que o propósito do evento é que o aluno ingresse na vida universitária com um marco prazeroso e responsável, além de praticar a empatia e ajudar a  quem precisa. “O trote é feito para comunidade, para que possamos salvar mais vidas. O Hemopi precisa desse auxilio, ainda mais por conta da proximidade do Carnaval. Foi muito importante a presença de todos. Nós achamos que nunca vai acontecer com pessoas próximas da gente e quando menos imaginarmos podemos nos ver nessa situação. Então vamos sempre nos sensibilizar, vamos nos colocar do outro”, disse.

O reitor Carlos Alberto Ramos já é doador há 11 anos. Ele também compareceu ao trote para fazer sua parte e deixou uma mensagem reinterando o valor da doação. “É uma atitude que não dói nada, não custa nada e pode salvar muitas vidas”.