às 11:10:00

Parques urbanos e qualidade de vida: Entenda a relação

Os parques são fundamentais para o funcionamento da cidade, representando importantes áreas verdes no maciço urbano. Além de contribuir com a estética, os parques trazem vantagens como, por exemplo, amenizar a temperatura reduzir o escoamento superficial, filtrar águas e auxiliar na captação de carbono, o que provoca uma melhoria significativa a qualidade do ar e por consequência à qualidade de vida.

 

A coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Uninovafapi, Lara Citó, explica que os parques urbanos funcionam como funcionam como pulmões para as cidades. Ela chama atenção para os valores sociais dessas áreas quando são planejadas com funções além da estética. “Incluindo também o lazer é possível criar um ambiente de contato com a natureza. Assim, além de troca social, há as práticas esportivas e outras funções”.

 

Para a arquiteta, em Teresina o Parque Potycabana e Parque da Cidadania ganham destaque pois são bastante utilizados pela população de diversas formas: seja contemplação, atividades físicas, reuniões, lazer. “A grande utilização desses parques demonstra a necessidade que a população tem da existência de locais como esses, promovendo assim a melhoria da qualidade de vida. Apesar da cidade contar com outros parques ambientais como o Parque da Cidade e o Parque Floresta Fóssil, por não contarem com planejamento adequado para seu uso pela população, possuem poucos usuários quando comparados ao Parque da Cidadania e a Potycabana”, pontua.


Fonte: