às 11:02:00

Plantão Jurídico Virtual atende gratuitamente a população

Para disponibilizar a um maior número de pessoas conteúdo jurídico de qualidade, o Centro Universitário Uninovafapi, através do curso de Direito, está atendendo a comunidade gratuitamente com o Plantão Jurídico Virtual.

O Plantão Jurídico é um projeto de extensão que disponibiliza uma plataforma aberta, interativa e dialógica para responder questionamentos jurídicos. Os interessados devem encaminhar suas dúvidas para o e-mail [email protected] Os alunos do curso de Direito, orientados pelos professores, irão pesquisar e debater publicamente uma solução para os temas encaminhados.

Um dos coordenadores do projeto é o professor Macell Leitão. De acordo com ele, a iniciativa busca aproximar, por meios digitais, a academia e a sociedade ao trazer demandas concretas para o conhecimento, a reflexão e a atuação jurídica dos estudantes. “Nosso curso sempre teve a preocupação de atender às demandas da comunidade, contudo, até então, essas orientações jurídicas eram fornecidas de maneira permanente apenas através do Núcleo de Prática Jurídica, resolvendo principalmente problemas jurídicos individuais. Diante dessa limitação, começamos a pensar em uma maneira de ampliar o alcance do saber jurídico utilizando positivamente as transformações digitais que já estão em curso”, explica o professor.

A ideia desse projeto de extensão surgiu antes da pandemia e, a partir do isolamento social, os professores viram a necessidade de ampliar ainda o acesso à informação jurídica, uma vez que as pessoas estão ficando dentro de casa e tendo apenas os meios digitais para se manterem informadas. “Temos percebido nos últimos anos uma ampliação significativa do acesso à informação, mas nem sempre esse conteúdo é confiável, o que no caso do Direito é especialmente grave. Desse modo, o Plantão é uma forma de popularizar a ciência jurídica que ainda é vista pela sociedade como muito erudita ou até apartada da realidade cotidiana”, pontua o coordenador do projeto.

O Plantão de extensão também visa a complementar a formação dos estudantes, pois eles são estimulados a pesquisar e elaborar uma resposta pública para um problema real enviado pela internet. “Acreditamos que permanecermos abertos às demandas da comunidade, ainda que de uma maneira inusitada, é uma forma de cumprir com a própria função social da Universidade” avalia Macell.


Fonte: